Trólebus

Berlim considera instalar sistema de trólebus biarticulados

A BVG – Berliner Verkehrsbetriebe, a empresa que gere os ônibus e o sistema de Metrô da cidade de Berlim, está considerando uma solução baseada em trólebus no distrito de Spandau. Uma rede que poderá ser atendida no futuro por veículos biarticulados equipados com a tecnologia In Motion Charging, segundo uma publicação do Sustainable bus.

De acordo com um estudo realizado pelo operador público alemão, a eletrificação parcial por linhas aéreas representa um ótimo negócio econômico misturado com a infraestrutura de carregamento de baterias.

A BVG planeja a eletrificação da frota de ônibus até 2030 . Até 2021, cerca de 225 ônibus elétricos deverão chegar às ruas de Berlim. Nesse contexto, uma instalação parcial de linhas aéreas de trólebus está sendo levada em consideração.

De acordo com o estudo de viabilidade realizado pela BVG e apresentado na feira alemã ElekBu 2020, o objetivo seria fornecer entre 50 e 65% das viagens com os veículos conectados na rede. O resto seria em modo de bateria.

Os trólebus seriam recarregados durante a operação com conexão dos cabos, um tipo de solução a este meio de transporte que vem sendo usada em sistemas da Europa, e que vem dando sobrevida aos trólebus.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios