Metrô

China conclui projeto de Metrô em 15 cidades em dezembro

A China concluiu ao menos 15 projetos de linhas de metrô em dezembro de 2019, que atendem a 15 cidades. A conta inclui linhas novas e malhas existentes e sistemas novos.

Chengdu, a capital da província de Sichuan, no sudoeste, abriu sua nova linha 5 de 49 km, juntamente com uma extensão de 25,8 km da linha 10, que segue para sudoeste do terminal 2 do aeroporto internacional de Shuangliu até Xinping.

Chongqing, um grande município localizado na confluência entre os rios Yangtzé e Jialing, na região sudoeste ganhou uma seção de 9,5 km ao sul além de uma extensão para a Linha 1 de Jiandingpo a oeste de Bishan.

Guangzhou, uma grande cidade portuária a noroeste de Hong Kong, às margens do rio das Pérolas, abriu uma extensão de 35,3 km do seu metrô suburbano, além de uma inauguração de uma extensão de 1,8 km da Linha 8, do norte de Fenghuang Xincun para o Parque Cultural.

As primeiras linhas de metrô foram inauguradas em Hohhot, capital da região autônoma da Mongólia Interior, onde a linha de 21,7 km da cidade foi inaugurada em 29 de dezembro e Macau, que viu o início da operação na linha de metrô leve de 9,3 km.

O maior metrô do mundo

Pequim se tornou a maior rede de metrô do mundo, com 699 km em 28 de dezembro, com a abertura da Linha 7 de Jiaohuachang para Huazhuang, e a Linha Batong ligando Tuqiao a Huazhuang.

Novas linhas foram ainda abertas em Jinan, Hefei, Xiamen e em Suzhou. Também foram concluídas as extensões de metrô em Guiyang, Qingdao, Shenzhen, Tianjin e Zhengzhou.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios