VLT

Bogotá assina PPP com Chineses para instalação de VLT Intermunicipal

Um contrato para projetar, construir e operar a linha interurbana de 39,6 km, que ligará Bogotá a seus subúrbios ocidentais foi assinado com a China Civil Engineering Construction Corp no último dia 7 de janeiro.

A subsidiária da China Railway Construction Corp foi a única concorrente do contrato de parceria público-privada, que terá duração 26 anos, incluindo 18 meses para preparação, 30 meses para construção e seis meses para testes. Os serviços de passageiros estão programados para começar em 2024.

A linha eletrificada com bitola de 1 435 mm, terá 17 estações, utilizará principalmente o eixo ferroviário existente para atender Mosquera, Madri, Funza e Facatativá na região de Sabana Occidente. Em Bogotá, a linha se conectará ao metrô.

O tempo de viagem será de cerca de 48 minutos, e o número de passageiros estimado está em mais de 130.000 passageiros por dia.

O custo total do projeto é de US $ 43 milhões, partilhado entre o governo nacional, que entrará com US $ 32 milhões para a construção e a região de Cundinamarca, com US $ 594 bilhões.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios