Trem de Carga

China ganha nova ferrovia de carga com 1.813,5 km de extensão

A China ganhou uma nova ferrovia com 1813,5 km de extensão para o transporte de carvão, a chamada Ferrovia Haoji, que fará a ligação entre o norte e o sul. A obra foi entregue oficialmente em 28 de setembro. A construção teve início em 2015.

A linha eletrificada vai da cidade de Ordos, na Mongólia Interior, ao sul, por meio das províncias de Shaanxi, Shanxi, Henan, Hubei, Hunan e Jiangxi até Ji’an. Parte do traçado é de via dupla, enquanto outra parte é de via única, com a possibilidade de estabelecer uma segunda via, se necessário. Os trens podem desenvolver uma velocidade de até 120 km/h.

O traçado corta os rios Yangtze e Amarelo duas vezes, além de cruzar o deserto de Mu Us, o platô Loess Plateau e três cadeias de montanhas. Foram erguidas 770 pontes com um comprimento total de 381 km e 229 túneis, totalizando 468,5 km.

A Ferrovia Haoji possui 21 terminais e uma capacidade de projeto de mais de 200 milhões de toneladas por ano.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Como a política e complexa no planeta não, países desenvolvidos Europeus e o próprio EUA não conseguem fazer obras assim gigantescas, com várias linhas diferentes e entregar em tão pouco tempo, países ditos capitalistas, enquanto um país considerado comunista, mas com estratégias capitalistas inclusive na política externa consegue feitos impressionantes, pena que os cidadãos do país não têm direitos como um país onde existe democracia, porque no sentido de transporte publico sobre pneus e trilhos está de parabéns cada ano que passa.

Publicidade

Assuntos

Anúncios