Monotrilho

Monotrilho da Linha 15-Prata roda com velocidade de 80 km/h neste sábado

Desde sua abertura há cinco anos, os trens do monotrilho da Linha 15-Prata circulavam com velocidades em torno dos 50 km/h, mas neste sábado uma das composições rodou com velocidades de até 80 km/h, conforme mostra a publicação das redes sociais abaixo:

Durante o sábado, 7 de setembro, a Linha 15 – Prata ficou paralisada devido a testes no sistema de controle de trens, o que pode ser um indicativo de testes com trens circulando em velocidades maiores.

50 km/h

Segundo relatos de passageiros, e posteriormente apuração do Via Trolebus, os trens até então atingem velocidades em torno de 50 km/h.

Segundo dados da fabricante da Bombardier, fabricante do material rodante, a velocidade máxima projetada é de 80 quilômetros por hora.

O sistema foi inaugurado em 30 de agosto de 2015, com duas estações: Vila Prudente e Oratório. Em abril de 2018, o governo estadual entregou outras quatro paradas: São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tostoi e Vila União.

Somente em 12 de janeiro de 2019, a linha foi aberta entre as duas pontas com horário de operação integral, entre 4h40 e meia noite. (com exceção do sábado que a operação vai até a uma da manhã). No final do mês passado foi a vez de Jardim Planalto.

Desde então, o Metrô de São Paulo fechou o meio de transporte para testes geralmente aos final de semana.

O que diz o Metrô?

“O sistema Monotrilho da Linha 15-Prata permite, por requisito de projeto, uma velocidade máxima de até 80 km/h, quando possível. As velocidades de todos os trens no “carrossel” são determinadas pelo sistema de sinalização e controle, de acordo com a quantidade necessária e disponível das composições.

Há que se considerar ainda a necessidade de aceleração progressiva na saída de uma estação e desaceleração também progressiva na chegada à próxima, de forma suave, sem aceleradas e freadas bruscas nem correr o risco de passar direto pela próxima estação.

Também influenciam os momentos de vale ou de pico de transporte, o que também determina a velocidade de deslocamento de cada trem, já que a via estará mais ou menos movimentada de acordo com o horário”, diz nota da companhia.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!