Mobilidade Urbana

Duas empresas de aluguel de patinetes se cadastram para operar em São Paulo

Diante das polêmicas sobre os patinetes elétricos em São Paulo durante a semana que passou, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, se encontrou com 8 empresas que estão interessadas em começar a prestar o serviço de alugueis dos equipamentos na cidade, nesta sexta, 31.

Duas já realizaram o cadastramento junto a prefeitura para começar a operar: a Scoo e a FlipOn. A Scoo diz que tem uma frota de 300 patinetes e a FlipOn 250.

A Grow, que opera as marcas Yellow e Grin, não participaram do encontro. A empresa alega que considera o decreto que regulamenta os equipamentos “inconstitucional e ilegal“.

O prefeito disse que as empresas, durante a reunião, deram sugestões de melhoria no decreto. Também nesta sexta, a Justiça derrubou uma parte do decreto onde obrigava os usuários a utilizarem capacetes durante o uso dos patinetes.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios