Ônibus

Sistema de ônibus no Rio de Janeiro entrará em “colapso”, diz empresas

As empresas de ônibus que prestam serviços no Rio de Janeiro falam em “colapso” no sistema. Em nota divulgada, o Rio Ônibus, sindicato que representa viações, divulgou a atual crise já fechou 14 empresas em dois anos.

O texto faz críticas ao interventor do Sistema BRT. “O Rio Ônibus recebeu com perplexidade e indignação as declarações do Sr. Luiz Alfredo Salomão, interventor do Sistema BRT, na manhã desta segunda-feira. O sindicato das empresas de ônibus da cidade do Rio de Janeiro condena veementemente as palavras levianas do Sr. Salomão, que neste momento de profunda crise no setor pode gerar mais instabilidade e dificuldade na manutenção de um serviço essencial à população”, informou a nota.

Em entrevista nesta semana, Salomão afirmou que há um “cartel” entre as operadoras do Rio, e que empresas de fora desistem de entrar no sistema.

As operadoras seguem o contrato de concessão assinado com o poder público, após vencerem licitação da Prefeitura do Rio em 2010, diz o representante das viações. “O setor está empenhando esforços redobrados para normalizar o sistema de transporte por ônibus no Rio, mesmo convivendo com forte crise econômica-financeira que já fechou 14 empresas nos dois últimos anos. Neste momento delicado, o apoio de todos e, principalmente, do poder público é fundamental para a população que depende dos ônibus no Rio. Caso contrário, o sindicato alerta que o transporte público por ônibus da cidade pode entrar em colapso total ainda este ano”, afirma.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!