BRT Monotrilho

Troca de monotrilho da Linha 18-Bronze por BRT ganha força, diz jornal

A troca da tecnologia do monotrilho na Linha 18-Bronze por um sistema de corredor de ônibus do tipo Bus Rapid Transit – BRT ganhou força entre representantes do governo estadual, segundo informou o jornal “O Estado de São Paulo“. O ramal ligaria São Paulo até São Bernardo do Campo, passando por São Caetano do Sul e Santo André.

Há um entendimento entre integrantes do governo de que um sistema de ônibus poderia dar conta do recado. “Nunca houve viabilidade para um monotrilho em termos de transporte de passageiros por dia. Para compensar, teriam que rodar 350 mil passageiros/dia. Hoje a estimativa é de 220 mil. O BRT mais do que suficientemente atende a demanda a um custo bem inferior”, disse uma fonte ouvido pelo jornal.

No entanto, não há ainda uma decisão final.  Existe um temor dentro do governo de que uma eventual quebra de contrato com o Consórcio Vem ABC, responsável pelas obras, atrapalharia planos futuros do estado em licitar outros projetos. Este cenário poderia contaminar a disposição dos investidores em participar de empreendimentos.

A publicação ouviu Maciel Paiva, diretor do Vem ABC, que diz que a empresa não tem sido oficialmente notificada sobre as movimentações do governo e que a demanda do monotrilho deve superar os 350 mil usuários.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Meu, é de ferrar isso! São Bernardo, a principal cidade que irá ser afetada, necessita de um transporte de alta capacidade por meio de trilhos. Os moradores cansam de usar ônibus lotados, trólebus lotado
    todos os dias para poder chegar em seus trabalhos em São Paulo. É lastimável ver isso acontecendo, um regresso. Consigo afirmar com tranquilidade que a média diária ainda se mostra muito otimista, porque com toda a certeza já tem mais do que esse total e atrairia mais gente. O morador de São Bernardo muitas vezes tem a preguiça de sair da cidade por conta do trajeto, sendo que não existem muitas opções de lazer dentro dela. Com um transporte desse nível, como o monotrilho, os moradores se disponibilizariam para poder aproveitar mais a vida.

  • Tava mais na cara que isso, desde quando o “gestor” assumiu a tendencia era essa, muitos interesses por trás.

    Não sou a favor de violência, mas essa tal “fonte” que diz que o BRT atende mais do o suficiente bem que merece uns bons “sopapos”,nunca deve ter andado de transporte público na vida

  • Isso que dá em escolher um partido que sempre priorizou o transporte sobre pneus,que todo ano eleitoral,promete,mas nunca cumpre,de tantos partidos,sempre escolhe o PSDB,pelo que eu vejo, São Paulo nunca mudará,sempre vão ser estes ladrões de terno

  • Esse é o problema de partidos como PSDB e PT. Governam pensando na reeleição. No caso do Doria, tá mais preocupado com a presidência. Portanto só vai querer investir em projetos que podem ser concluídos até 2021.

  • O idiota “especialista” não sabe fazer planos de médio e longo prazo, se for verdade que hoje a demanda e de 220 mil passageiros, me diga em quanto tempo se atingirá a média de 350 mil, e tem mais, qdo realmente se entregar a obra, qual será a demanda imediata, a médio e a longo prazo, diz aí “especialista”

  • BRT Campinas, BRT São José dos Campos e agora BRT São Bernardo. Definitivamente o lobby das montadoras de ônibus não permite que São Paulo saia do atraso.

    • Exatamente, vivemos em um estado no qual a população sai sempre perdendo para interesses políticos, essa merda de BRT é um grande simbolo de um país atrasado de terceiro mundo.

  • Vai virar um puxadinho da metra.
    Vão ligar ali com o corredor ABCD e já era. Toma aí o que sobrou tipo assim. Mas lembre bem de quem é que está aprovando este modelo marca o nome para nunca mais ganhar em eleição nenhuma.

  • Enquanto isso várias capitais nordestinas possuem trens urbanos ou VLT Enquanto isso ABC na maior região metropolitana do país: Ônibus lotados! mas é bom pro povo do ABC aprender promessas a mais de 24 anos…

  • Renato, boa tarde, você tem alguma noticia sobre o Corredor Alto do Tietê?
    Moro na região de Itaquaquecetuba e se realmente esse corredor sair do papel irá facilitar a vida de muitas pessoas para irem até SP.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!