Expresso Linha 10 - Foto: Renato Lobo
CPTM

Trem da série 3000, da CPTM, volta a operar no Expresso Linha 10+

O trem da série 3000, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, voltou a prestar serviços no último sábado, 20 de abril, depois de um tempo inoperante. A composição fabricada pela Siemens operou no Expresso Linha 10 +, entre Santo André e a Luz, mas teve problemas e precisou ser recolhido. Em seu lugar, um trem da série 2100 operou no serviço semi-expresso.

Os comboios devem passar por uma revisão geral nos próximos meses e existe a expectativa que os trens recebam novo padrão visual.

Histórico

As composições foram adquiridas inicialmente para operar no que seria a “Linha I” da CPTM, entre o Brás, Luz e Barra Funda, na chamada integração centro. Depois foram realocados para a Linha 9-Esmeralda, para fornecer suporte à série 2100 e, posteriormente, à 2070 também. Por lá ficaram até o final de 2010, quando as 10 unidades de 4 carros se transformaram em 5 unidades de 8 carros e foram prestar suporte operacional na Linha 8-Diamante, que necessitava de trens para operar junto com os série 5000 e 5500/5550 operantes na época.

Com a entrada da nova série 8000, todos os operantes foram retirados, e o chamado trem musical passou a rodar na Linha 7-Rubi.

O apelido “trem musical” se deve ao som peculiar de partida do veículo, que lembra um instrumento musical. Foi o primeiro trem a operar no Brasil com corrente alternada, alimentados por inversores trifásicos.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Renato, o 3000 não foi comprado para a Linha I. Ele foi comprado para a L9. Ele fez a “sanfona” entre Barra Funda e Brás. Foi emprestado fazer esse serviço, já que ele era o trem mais novo e como uma “compensação ” pelo transtornos das obras foi para lá. Eram duas composições de 8 carros com auxílio de uma 1100 ou 1700.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!