BRT Monotrilho

BRT tem vida útil seis vezes menor que monotrilho, diz estudo

Publicação do jornal “Diário do Grande ABC” mostra um estudo onde é apontado que o monotrilho tem vida útil seis vezes maior que sistemas de corredores de ônibus do tipo Bus Rapid Transit – BRT.

Existe a possibilidade do governo estadual trocar os trens aéreos por sistemas de ônibus na Linha 18-Bronze, que ligará a estação Tamanduateí, até Djalma Dutra em São Bernardo do Campo, passando por São Caetano do Sul e Santo André. O jornal vem publicando reportagens e até editorial em favor do monotrilho.

O estudo tem autoria de especialistas da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de Goiás e compara o período estimado de operação de cada meio de transporte. O monotrilho aparece com durabilidade de 30 anos e o corredor de ônibus de alta velocidade, mesmo com manutenção regular, com prazo de cinco anos.

A pesquisa aponta ainda mesmo que o custos do monotrilho seja mais elevado, a médio prazo, pode ter operação mais econômica do que o BRT. “Numa análise de engenharia financeira, em 30 anos de vida útil o monotrilho, metrô leve e VLT podem ser mais econômicos do que o BRT e ter menor custo por passageiro transportado”, afirma o professor de transportes e trânsito do Instituto Federal de Goiás Fábio de Souza, responsável pela elaboração do estudo.

Os especialistas chegaram a esta conclusão cruzando informações das fabricantes dos veículos, e a manutenção periódica exigida em cada tecnologia. “Se não houver manutenção do corredor, a tendência é de saturação do sistema a curto prazo, o que não ocorre no monotrilho”, afirma Antônio Pasqualetto, especialista em desenvolvimento e planejamento territorial da PUC Goiás.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Mas a mula do “Gestor” acha o BRT melhor, sem contar claro dos interesses escondidos por trás.Aquela frase dele que o BRT “tem alta capacidade e alta velocidade” demonstra o quão “inteligente” ele é, aliás até acho que ele sabe que BRT não presta, mas a canalhice fala mais alto.

    Infelizmente essa porcaria de BRT já está certa.

  • Triste que em Campinas já estão implantando esta Porcaria de BRT de vez de ter investido no VLT ou até mesmo no Monotrilho, O Estrago que está Obra do BRT esta fazendo na Cidade de Campinas é grande e o Arrependimento de ter Investido neste Modal será maior ainda depois de Implantado.

    Não Tenho Perpectiva nenhuma quando o assunto é Mobilidade Urbana em Campinas….

    Lamentável uma Cidade de Mais de Um Milhão de Habitantes só investir em apenas Um Modal de transporte , mais enquanto houver o lobby dos Empresários de ônibus com os Politicos, será muito dificil este quadro mudar aqui na Região.

    • Lamentável mesmo, soa como absurdo a escolha pela porcaria do BRT em campinas, no mínimo uma cidade de tal porte merece um VLT que aliás já teve mas fizeram questão de destruir.

  • Boa tarde, acho que agora está tudo indo bem,parar de depender dos ônibus da viasul e um calvário.com o monotrilho tudo vai melhorar,e quanto aqueles ônibus velhos que colocao para a gente vai desaparecer graças a Deus.

    • Boa tarde Nivaldo.

      Se depender da vontade do Doria vão encher ainda mais o ABC de ônibus, o zé mané parece estar convicto de implantar a merda do BRT.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!