Monotrilho

Abaixo-assinado pede permanência do monotrilho na Linha 18-Bronze

Após se tornar pública a possibilidade de troca do monotrilho na Linha 18-Bronze para um sistema de corredor de ônibus do tipo Bus Rapid Transit – BRT, internautas se movimentam na internet na criação de um abaixo assinado contra a medida.

Com o nome de “manter a Linha 18 – Bronze do Metrô-SP como monotrilho e não modificar projeto para BRT”, uma petição online é divulgadaAté o fechamento desta edição, já contava com 112 assinaturas.

Entenda o caso

Em 2014, o governo estadual assinou uma Parceria Público-Privada – PPP para construção e operação do monotrilho da Linha 18, que ligaria a estação Tamanduateí até Djalma Dutra, em São Bernardo do Campo.

A administração pública teve dificuldades, no entanto, para obter financiamento para as desapropriações, necessárias para a instalação das estações.

O Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse que não é possível o início das obras por conta da expiração do decreto de desapropriação. “Falou planejamento, faltou ação”, disse o titular da pasta, se referindo ao governo que antecessor.

Até o fim do mês de junho terminamos os estudos básicos e antes do fim do ano sairá a do governo do Estado se será monotrilho ou uma linha de BRT, de alta velocidade e alta capacidade. O que nós não vamos fazer é o silêncio. O silêncio é a arma dos medíocres, dos covardes que não tomam decisões. O meu governo vai tomar uma decisão. Alguns podem gostar; outros, não”, disse o Governador João Doria recentemente.

Em março, uma apresentação que seria da Secretaria dos Transportes Metropolitanos – STM contava com o projeto de BRT – Bus Rapid Transit como alternativa, onde haveriam dois traçados possíveis.

A opção, entretanto, é questionada por parte da opinião pública, uma vez que o sistema de ônibus teria uma capacidade menor de transporte.

A demanda diária do BRT seria de 115 mil passageiros/dia, bem abaixo dos mais de 420 mil, estimados pelo consórcio Vem ABC, que assinou a PPP com o governo estadual, e que e operaria o monotrilho.

 

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

comentários

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!