Mobilidade Urbana

Os 5 sistemas de transporte público mais bizarros do mundo

1 – Ônibus flutuante

Os atrativos turísticos de Toronto, no Canadá, estão na terra e nas águas do Lago Ontário. Por isso, nada melhor do que um ônibus anfíbio, que funciona também como um barco. Além de andar como um veículo normal, ele também pode ser usado para navegação. Chamado de Hippo, que significa hipopótamo, ele oferece tours de 90 minutos para 40 passageiros.

2 – A subida do metrô

Estamos acostumados com metrôs em linha reta. Mas a cidade histórica de Haifa, em Israel, foi construída nas encostas do Monte Carmelo e é cheia de subidas e descidas. Por isso o trem subterrâneo, chamado de Carmelit, segue o relevo irregular. A diferença de altitude entre a primeira e a última estação é de 274 metros. O meio de transporte foi construído em 1956 e passou por reformas entre 1986 e 1992.

3 – Trem improvisado

No Camboja, onde faltam recursos, sobra criatividade. Como não há trens convencionais, foi criado o nori, uma plataforma de bambu que desliza sobre os trilhos. Ela é movida por um pequeno gerador acoplado e chega a 40 km/h. Os passageiros vão sentados, ao ar livre. É comum em Battambang, a segunda maior cidade do país.

4 – Monotrilhos suspensos

O meio de transporte não é novidade. O sistema da cidade alemã de Wuppertal foi fundado em 1901. Já no Japão, o chamado “Chiba Monorail Urbano”, conta com duas linhas de monotrilho suspenso.

5 – Movido a fezes

O primeiro ônibus britânico movido inteiramente a fezes já opera com passageiros. O Bio-Bus, como é chamado, é ‘alimentado’ por gás biometano gerado pelos dejetos humanos de mais de 32 mil famílias ao longo de um percurso de 24 km.

O veículo pode acomodar até 40 pessoas, e roda quatro vezes por semana na rota que se estende de Cribbs Causeway até Stockway. Se tudo correr bem, a empresa que o opera pretende colocar mais ônibus movidos a fezes na frota.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Cadastre-se em nossa newsletter!