Foto: Renato Lobo
CPTM

Usuários “perderam” 50 mil em dinheiro em 2018 na CPTM

Três milhões de passageiros usam as sete linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM todos os dias, e não é raro alguém perder objetos e até dinheiro.

Tanto não é raro, que só em 2018 a companhia que opera o transporte sobre trilhos recebeu cerca de R$ 50 mil devolvidos por passageiros que acharam moedas e notas, e decidiram por entregar a quantia a um dos funcionários da empresa. Segundo a CPTM, deste montante, mais de R$ 30 mil foram devolvidos aos seus donos.

A empresa explica que todos os objetos encontrados em suas dependências são encaminhados para a Central de Achados e Perdidos. Após uma triagem e são avaliadas as formas de fazer contato com o proprietário, seja por telefone, e-mail ou, até mesmo, por carta.

Os objetos entregues ficam na central armazenados por até 60 dias. Depois disso, são enviados para o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. No ano passado, quase R$ 11 mil foram encaminhados para a instituição.

Achados e perdidos: a Central de Achados e Perdidos funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, exceto feriados, na Estação Palmeiras-Barra Funda. O contato também pode ser feito pelo telefone 0800-055-0121 ou pelo e-mail usuario@cptm.sp.gov.br.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios