Greve

Greve do Metrô adiada novamente

Em assembleia no sindicato dos metroviários, a categoria decidiu mais uma vez por adiar os planos de greve em linhas administradas pela Companhia do Metrô nesta sexta-feira, 8 de fevereiro.

Os representantes da entidade cobram a reintegração do operador de trem Joaquim José, demitido por justa causa, depois que a companhia o responsabilizou por uma falha que paralisou as operações na linha 1-Azul no último dia 23.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos – STM, por sua vez, disse que o operador não cumpriu um procedimento orientado pelo Centro de Controle de Operações (CCO) e danificou um equipamento de via nas proximidades da estação Jabaquara.

A categoria diz também que incidente com a colisão de dois monotrilhos foi causado por falha no sistema de comunicação.

Já o Metrô disse que “a ação humana tornou o trem M22, que estava estacionado na plataforma da estação Jardim Planalto, invisível ao sistema de comunicação e sinalização (CBTC), causando a colisão com o trem M23”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Cadastre-se em nossa newsletter!