Tarifa

MPL diz que fará protestos contra aumento na tarifa de ônibus, trem e Metrô em SP

Após a informação de que as tarifas de ônibus de São Paulo, Metrô e trens da CPTM, seriam reajustadas para R$ 4,25, segundo o telejornal Bom dia São Paulo, o Movimento Passe Livre  – MPL publicou em suas redes sociais que fará protesto contra o eventual aumento:

— Passe Livre São Paulo (@mpl_sp) 18 de dezembro de 2018

Tanto a Secretária dos Transportes Metropolitanos, quanto a SPTrans, não confirmam os valores dos reajustes, segundo apurou o Via Trolebus.

O MPL ganhou visibilidade em 2013, quando convocou protestos contra o aumento na passagem. Na época, o movimento era contra o reajuste de R$ 3,00 para R$ 3,20. Naquele ano, foram registradas a maiores manifestações, no ponto de vista de volume de pessoas, e dezenas de cidades, incluindo São Paulo, reduziram as tarifas. Nos anos seguintes, o movimento convocou novos atos, porém com menor repercussão.

O grupo foi fundado em janeiro de 2005 durante o Fórum Social Mundial em Porto Alegre, a partir de grupos e coletivos que reivindicavam o passe livre estudantil em várias cidades brasileiras.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Anúncios