VLT

Governador eleito do MT diz que estado não tem recursos para VLT

A conclusão das obras do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT de Cuiabá ganha um novo entrave. Segundo declarações do governador eleito de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), o meio de transporte não será prioridade no primeiro ano de gestão.

De acordo com o governador em entrevista à Centro América FM, a administração estadual não tem como arcar com R$ 1 bilhão para terminar a obra.

“Temos um grande problema agora, não sabemos se vamos terminar a obra porque não temos R$ 1 bilhão. Desde o início da campanha, eu conversei que precisaria de até um ano para definir o futuro do VLT”, afirmou.

Sobre um eventual financiamento, Mendes diz que não há condições para solicitar os recursos: “O estado não tem como fazer financiamento porque tem nota C no Tesouro Nacional, então dependeria apenas do dinheiro do estado que não temos”.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!