CAF deve reformar trens do Metrô de Medellín

O Metrô de Medellín, na Colômbia, concedeu à fabricante espanhola CAF um contrato para reformar 42 trens de três carros cada, fabricados na década de 1990.

O contrato, avaliado em cerca de 80 milhões de euros, inclui a modernização da estrutura dos trens além do salão de passageiros. Serão remodelados sistemas de tração, entre outros componentes.

A rede de metrô conta com 34 km de extensão, e foi inaugurada em 1995. É divida em duas linhas, a azul e a laranja, e 27 estações. Transporta uma média de 811 mil usuários por dia. O serviço possui intervalo de 3 a 5 minutos.

A CAF já havia fornecido uma encomenda de 36 trens para a rede em 2011.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.