Após ampliação no horário do monotrilho da Linha 15, fluxo de usuários cresce 10 vezes

Após a ampliação no horário de atendimento de quatro estações da Linha 15-Prata, o fluxo de usuários cresceu 10 vezes, segundo reportagem do jornal “Folha de São Paulo” que fala sobre problemas na construção e operação do primeiro monotrilho de São Paulo.

No dia 1º de dezembro as estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União passaram a funcionar das 6h às 20h, com cobrança de tarifa.

O meio de transporte transportava cerca de 3.000 por dia em novembro, e no início de dezembro, o fluxo foi para para 30 mil diariamente.

Os trens correm em velocidade abaixo do esperado, de 50 km/h. O intervalo médio entre um trem e outro ainda é alto: de 4 a 6 minutos, bem diferente de linhas de metrôs convencionais, que são um pouco mais de 1 minuto no horário de pico.

Veja também:


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.