BRT

Obras do BRT Transcarioca com suspeita de irregularidades

A prefeitura do Rio de Janeiro suspeita que houve irregularidades em obras dos corredor de ônibus BRT Transcarioca, que tem 39 km de extensão.

O prefeito Marcelo Crivella e o secretário municipal de Habitação e Infraestrutura, Sebastião Bruno, afirmaram, em entrevista coletiva, que foram feitas vistorias e encontradas indícios de superfaturamento e desvios de recursos.

“Não quero dizer se foi corrupção. Pagamos R$ 2 bilhões em uma obra que está cheia de problemas. Não encontramos nada do que foi especificado no projeto”, disse Crivella. O prefeito afirma que se for encontrada indícios de crime, deve encaminhar o caso ao Ministério Público.

O estudo aponta que na maior parte dos 39 km de vias, a espessura é de 24 cm, sendo que para veículos do transporte público, o usual seriam ao menos 30 cm de concreto. Existem trechos com deformidades no pavimento por onde circulam os ônibus.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Cadastre-se em nossa newsletter!

Cadastre-se em nossa newsletter!