10 anos após anúncio de obras, retomada da Linha 6-Laranja fica para 2019

Em 2008, o então governador de São Paulo José Serra e o prefeito da cidade, Gilberto Kassab, anunciavam obras da futura Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo, ligando a estação São Joaquim à Zona Norte, com as primeiras entregas em 2011.

linha-6mapa

Passados 10 anos, as obras do novo ramal encontram-se paradas, e a retomada das construções devem ocorrer somente em 2019, segundo informou a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, em uma reportagem do jornal Folha de São Paulo.

Em fevereiro de 2011 a administração estadual anunciou faria Parceria Público-Privada (PPP), o que daria agilidade às obras. Mas a assinatura com o setor privado só ocorreu em 2015, com a Move São Paulo, ao custo de R$ 8 bilhões.

No entanto, em três anos o consórcio entregou apenas 15% da obra pronta. As empresas que formam a concessionária não conseguiram mais empréstimos para o financiamento depois que passaram a ser investigadas pela Operação Lava Jato. Em setembro de 2016, a construção da Linha 6 foi paralisada.

Extensão da Zona Leste trocada por outra linha

No início da década, projeções davam conta de que a extensão da Linha 6 após São Joaquim, iria cruzar a Zona Leste de São Paulo, rumo aos bairros da Mooca, Anália Franco, chegando a Cidade Líder.

Segundo uma reportagem do site Metrô/CPTM, a linha 16-Violeta assumiria a parte da laranja na região leste da cidade. De acordo com a publicação, a linha 16 conectaria a Cidade Líder com a região da Paulista, na estação Paraíso, e terminaria na estação Oscar Freire, correndo paralela a Linha 2-verde na região dos Jardins.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.