CPTM

Número de queixas na CPTM cresce 22% no primeiro semestre do ano

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanas – CPTM registrou aumento de 22% no número de reclamações feitas no primeiro semestre deste ano, em relação ao ano passado. As informações são da GloboNews, que conseguiu os dados por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

O meio de reclamação que teve a alta foi o “SMS denúncia”. Nos primeiros sete meses de 2018, a operadora recebeu quase 24 mil queixas. Cerca de 8.659 das reclamações foi sobre ambulantes nos trens. Quem usa as sete linhas ferroviárias na região metropolitana de São Paulo, pode observar com frequência o comércio ilegal nas composições.

Já as demais ocorrências que constam entre as mais problemáticas estão a temperatura nos trens, e o comportamento inadequado de passageiros.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Anúncios