Ônibus

Britânica Equipmake e Agrale miram mercado de ônibus elétrico na Argentina

A fabricante britânica Equipmake e a empresa brasileira Agrale, com sede em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, anunciaram uma nova parceria para a fabricação de ônibus elétrico mirando inicialmente o mercado da Argentina, de acordo com publicação do site Australiano “Heavy Vehicles”.

Segundo o texto, um novo protótipo deste veículo teria capacidade para 70 acentos e 12 metros de comprimento. O ônibus terá autonomia de percorrer 300 quilômetros por dia, levando em conta o clima sul-americano de alto calor que sobrecarregam a bateria.

A Equipmake será responsável pelo desenvolvimento de todo o powertrain, fornecendo os motores elétricos, controle de energia e sistemas de integração de bateria. A energia será fornecida pela última geração de células de Íons de Lítio.

O projeto está sendo apoiado pelo governo do Reino Unido e os testes devem começar nos próximos meses antes da produção e das entregas em 2020.

“O potencial para este projeto é enorme. Buenos Aires tem cerca de 16.000 ônibus em suas ruas – que tem aproximadamente o dobro do tamanho da frota de Londres – e o mercado global é de cerca de 300.000 veículos por ano. Com muitos especialistas prevendo que todos os ônibus serão elétricos em meados da próxima década, nosso projeto de Ebus é muito promissor”, afirma Ian Foley , diretor da Equipmake.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Publicidade

Assuntos

Anúncios