Trem de passageiros chega a Cesar de Souza depois de 30 anos sem serviços

Segunda-feira – 01h10

Na última sexta-feira (10), um trem com passageiros deu entrada na estação Cesar de Souza, em Mogi das Cruzes. A maria fumaça partiu de Guararema, passou pelas estações Luiz Carlos e Sabaúna e seguiu até o distrito de César de Sousa, em Mogi das Cruzes, e demorou 1h30 no percurso. O trajeto não era feito há 30 anos.

Objetivo do trajeto é oferecer um trem turístico entre as duas cidades, durante o Festival do Cambuci.

“Estamos observando tudo aqui. O comportamento da locomotiva e da composição, aferindo o tempo de viagem, as condições de embarque e desembarque das estações, a distância que o trem está das plataformas, porque antes eram outros tipos de composições que circulavam por aqui.”, disse o diretor-presidente da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária – ABPF, Bruno Crivelari.

Conseguimos agora a liberação tanto da MRS Logística, que é a concessionária de carga, quanto da Agencia Nacional de Transportes Terrestres pra nós realizarmos o trem comemorativo conforme resolução da agência nacional. Temos outros projetos relacionados apenas a trens comemorativos.”, disse o presidente da Associação Nacional de Preservação Ferroviária – ANPF, Fábio Barbosa.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

5 Comentários deste post

  1. Se um dia o milagre da Linha 11 – Coral chegar em Cezar de Souza, dava pra CPTM levar o Expresso Turístico até Guararema.

    Who Is Lucas? /
    • Enquanto o PSDB estiver no poder, nada vai mudar e tudo continuará igual…considerando uma possivel nova vitória do PSDB com o Doria. Marcio França não conta, ele já sabe que não tem chance alguma, deve ser por isso que não está fazendo nada, só cumprindo tabela.

      Como o Estado não é governado por nenhum outro partido desde 1993, não da para saber como seria num eventual governo de qualquer um dos outros partidos que estão disputando as eleições estaduais desse ano.

      PSDB não tem politica pública alguma….nunca teve, para falar a verdade!

  2. Trem turístico, mentalidade terceiro mundista….enquanto países desenvolvidos inauguram trens de viagens e trens metropolitanos de passageiros regular, aqui ainda tratam o trem como brinquedo de lazer. E pior: ainda consumindo dinheiro público.

    Faça o favor. Se for para gastar dinheiro com isso, que seja para um trem metropolitano interligando as cidades, mesmo com tarifa por distancia (como é com a EMTU) e não um trem de passeio.

    As cidades não vão se desenvolver nunca desse jeito e mais gente vai continuar recorrendo ao carro na primeira oportunidade que tiver por pura falta de opção de transporte.

    Renato /
    • Olá Sr. Renato, Por favor, vamos constatar algumas coisas aqui:
      1º) Os trens turísticos no Brasil em geral são tocados por ONG`s (ABPF, ANPF, IFPPC, Amigos do trem, etc..)ou particulares (Serra Verde express, EF.Corcovado), Salvo o da CPTM. Nesse trem em específico é a ABPF. O governo não está gastando um único centavo.
      2º)Trens turísticos existem na Inglaterra, na Espanha, Suíça, Alasca, Itália, Japão, e por aí vai. Não creio que seja mentalidade 3º mundista. Mas de verdade, esse país é muito atrasado porque não existe nenhum governante sequer pensando em ligar grandes cidades usando o trem. Sim nós somos muito terceiro-mundistas concordo com você.
      3º) As cidades vão se desenvolver sim com um trem turístico, mas de uma forma diferente. Assim como Morretes cresceu com hotéis, restaurantes, etc.. isso pode acontecer com todas as cidades que entram nas rotas turísticas. É um crescimento diferente de uma cidade como Mauá ou Itapevi, que o acesso ao trem trouxe mais pessoas, mas viraram cidades-dormitório. Não está errado, só é diferente.
      Eu juro que queria muito, muito mesmo, poder atravessar o meu país de trem, e não depender unicamente desse lobby nefasto de ônibus, desse cartel de preços das aéreas, ou dessa mafia de pedágios caros das estradas. Mesmo que o trem fosse mais lento, ao menos era uma opção. Hoje infelizmente são os trens turísticos que ainda salvaram uma ou outra via férrea que estava abandonada ou removida, e um ou outro material rodante que, apesar de ser ultrapassado, ainda é o que fazia o trem acontecer no Brasil.
      Acredite. O governo está cagando para trens regionais e de longa distância. Não vão fazer, simples assim.

      Rafael de Souza / (em resposta a Renato)
  3. Quando li o título achei que era ligação de um município ao outro, triste.

    Rodrigo Zika! /

Deixe uma resposta