Passageira será indenizada em R$ 10 mil após mau cheiro em banheiro de ônibus

Quinta-feira – 02h45

Uma passageira que foi transportada entre São Paulo e Balneário Camboriú deve receber uma indenização de R$ 10 mil reais, após entrar na justiça sobre mau cheiro em ônibus e espera de atendimento. A usuária relatou que teve reações alérgicas e problemas de estômago, já que seu assento ficava em frente ao banheiro do veículo.

A 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça (TJSC) confirmou decisão de primeira instância, e concedeu danos morais a passageira. Além dela, os outros usuários tiveram que esperar por 8 horas para seguir viagem do coletivo da empresa Reunidas, já que o veículo teve uma falha mecânica, além de estar com problemas de higiene.

A usuária relatou que o banheiro tinha mau cheiro e não havia água no vaso sanitário. Os ocupantes tiveram que esperar por um outro ônibus em um local deserto, sem água, alimentação ou qualquer assistência.

(…) destaca-se o primeiro lamentável evento, que decorreu da má higienização do local, causando à passageira momentos de horror e mal-estar que vão além do comum”, disse o desembargador André Luiz Dacol, em seu despacho. Cabe recurso da decisão.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.