VLT

Mesmo parados há 5 anos, VLTs de Cuiabá recebem manutenção

Quinta-feira – 00h30

Os primeiros Veículos Leves Sobre Trilhos de Cuiabá chegaram em 2013, e para 2014 era esperado o início da operação comercial. Mas as obras daquele que seria o VLT da capital do Mato Grosso foram interrompidas no mesmo ano da copa mundo, e de lá para cá, os trens permaneceram parados. A espanhola Caf produziu as composições com sete vagões, com capacidade para transportar até 400 pessoas (por veículo), sendo 77 sentadas.

Não precisa ser nenhum especialista para saber que o material parado pode ter sua vida útil comprometida. No entanto, de acordo com um comunicado do Governo do Estado, as composições passam diariamente por manutenção.

Segundo a nota, são feitos a verificação das borrachas de vedação das portas, limpeza interna, desobstrução das canaletas de drenagem das sanfonas de conexão dos vagões, manutenção dos motores e equipamentos auxiliares. Sem energia para alimenta-los, os 40 trens são movimentados manualmente.

É feita ainda a limpeza no interior dos veículos, assim como no pátio de manutenção.

Leia também:

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios