Metrô de Santiago é condenado após abandonar passageira em ameaça de bomba

Segunda-feira – 00h01 – Foto: Rafael Narchi

O Metrô de Santiago foi condenada a pagar uma indenização de cerca de 1,4 milhões de dólares a uma mulher em cadeira de rodas, por abandona-la na plataforma.

Há dois anos, Jeannette Sandoval não conseguiu sair da estação em meio a uma ameaça de bomba, já que o local não tinha elevadores.

Após a constatação da emergência, Jeannette esperou por um guarda para ajudá-la a usar o mecanismo para subir as escadas, mas foi informado de que o maquinário não funcionava.

Então, a passageira teve que esperar completamente sozinha no local por mais de uma hora até que a emergência terminasse. Diante desse tratamento “amigável”, o Serviço Nacional de Deficiência Chileno ajudou a mulher com assessoria jurídica.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 Comentários deste post

  1. Cadê as portas plataformas?

    Felix /

Deixe uma resposta