Mobilidade Urbana

Marta promete revogar diminuição de velocidades

Apesar de não constar em seu plano de governo, a candidata do PMDB à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, afirmou que deve voltar as velocidades antigas nas marginais Pinheiros e Tietê. A afirmação foi dada durante o debate na Rede TV, e em post no Facebook.

Sem apresentar dados que comprovem sua afirmação, Marta diz ter “convicção de que a diminuição de acidentes não tem ligação com a redução de velocidade”.

A diretriz da ex-petista contraria, além de toda literatura de mobilidade urbana, declarações de seu vice, Andrea Matarazzo, que já havia dito que manteria as velocidades por considerar “medidas acertadas”.

Quando foi prefeita entre os anos de 2001 e 2004, Marta aumentou a velocidade em vias de 60 km/h para 70 km/h. Posteriormente, o então prefeito Gilberto Kassab reduziu de volta as velocidades para 60 km/h, e então o número de óbitos começou a cair, conforme este infográfico do jornal Folha de São Paulo com base nos dados da CET:

CeJoAkmW4AAC4dj

Recomendação da ONU

A redução de velocidade, aplicada não só em São Paulo, como em muitas capitais do Brasil e do mundo, é uma determinação da Organização das Nações Unidas (ONU), como parte da Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020, na qual governos se comprometem a tomar novas medidas para prevenir os acidentes no trânsito, que matam cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios