VLT

CBTU assina ordem de serviço de expansão do VLT de Maceió

O sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos de Maceió deverá ganhar uma nova extensão de 2,5 quilômetros. Na semana passada o presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, José Marques e o superintendente Marcelo Aguiar, assinaram a ordem de serviço para a continuidade da linha da Estação Central até o bairro de Jaraguá.

A obra terá um prazo de conclusão de doze meses e está orçada em 3 milhões e 400 mil reais. Após a finalização, cerca de 1500 passageiros serão atendidas inicialmente pelo VLT.

O sistema é composto por 15 estações, e 32,1 quilômetros de extensão, que interliga os municípios de Maceió, Satuba e Rio Largo, transportando uma média de 11 mil passageiros por dia.

O serviço nasceu por meio da criação daa Rede Ferroviária do Nordeste, em meados de 1965, e em 1975 passou para a administração da RFFSA durante a estatização das linhas ferroviárias do Brasil. Após a privatização da RFFSA, a concessão para a operação dos trens urbanos passou em 1997 para a CBTU vinculada ao Ministério das Cidades do governo federal.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios