Metrô Rio

Linha 4 deve ser entregue dia 1º de agosto

O secretário estadual dos transportes do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, disse nesta quinta, 30, durante entrega da estação Jardim Oceânico, que a linha 4 do Metrô Rio será inaugurada no dia 1º de agosto, 4 dias antes do início das Olimpíadas. Ele conta com um aporte do Governo Federal de R$ 500 milhões.

“A obra metroviária já acabou. O metrô já circula todas as noites e circulará com todos os trens que serão utilizados na Linha 4 a partir do dia 15 de julho, quando todos os testes terão sido finalizados e começará a acontecer o que chamamos de margem em branco, que tem a função de treinar os pilotos e funcionários da estação à exaustão, para que no dia 1º de agosto essa linha seja aberta aos passageiros”, disse Vieira.

Rodrigo disse também que reconhece que o governo estadual já está devendo R$ 350 milhões para os consórcios que tocam a obra da linha. Além disso, ainda precisa de R$ 150 milhões para acabar as 2 estações restantes: Jardim de Alah e Antero de Quintal. Outro ponto admintido é que a estação Gávea está com as obras paradas e se não obtiver novos recursos, não pdoerá concluí-la até janeiro de 2018.

“As obras estão despriorizadas (sic). Estão paradas. O que acontece lá é a manutenção dos equipamentos e da infraestrutura construída. São necessários recursos para que sejam escavados 1,2 quilômetros de trilhos e para que seja realizado o restante da construção. Porém, nós confiamos que os recursos virão porque o tatuzão está sob o Alto Leblon passando por uma manutenção preventiva e nós temos a certeza de que faz sentido continuarmos essa linha até a Gávea”.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios