Greve

Siga: Paralisação de Ônibus em SP

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas

Motoristas e Cobradores de ônibus fizeram uma paralisação das 10h ao meio dia, desta quarta-feira, 18 de Maio de 2016. Os trabalhadores rejeitam a proposta feita pelo sindicato das empresas, de 2,31% de reajuste salarial. A categoria quer 5% de reajuste mais a inflação corrigida.

Para obter novas atualizações, atualize a página. Acompanhe:

16h00

A cobertura da paralisação termina por aqui. Acompanhem nossa página para saber dos desdobramentos das negociações e a eventual greve de ônibus desta quinta; 🙂

14h37

Ferroviários da CPTM decidem na segunda sobre a Greve (leia reportagem)

14h23

A circulação de ônibus na capital paulista estava dentro da normalidade neste meio de tarde de quarta-feira;

14h19

Haddad diz que não afasta a possibilidade de recorrer à justiça: “Os advogados da SPTrans estão acompanhando a evolução das tratativas, na esperança que cheguem a um entendimento rapidamente, sem prejudicar o usuário. se o entendimento nosso for de que estão exorbitando o direito de manifestação, nós faremos como fizemos nos anos anteriores, se tivermos que recorrer a justiça, nos vamos recorrer”, afirmou.

12h50

O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores do Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo -Sindimotoristas, informou que 55 mil trabalhadores aderiram ao movimento grevista.

12h46:

O SPUrbanuss, sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo, informou por meio dede nota à imprensa que considera desnecessário o protesto. “As empresas associadas ao SPUrbanuss encaminharam aos empregados uma proposta de reposição salarial e de reajuste do tíquete refeição, além da manutenção das cláusulas sociais. Foi a proposta possível, diante de um quadro de recessão econômica, aumento dos insumos do transporte público e queda da demanda de passageiros, com a consequente queda da arrecadação tarifária pela Prefeitura de São Paulo”, informou.

12h40:

Maioria dos terminais já retomaram a operação. Circulação deve ser normalizada gradativamente;

12h26:

Metrô e CPTM operam normalmente, com exceção da Linha 5-Lilás, que está mais devagar por conta das chuvas que caem na Zona Sul;

12h18:

Leitor Bruno Nascimento nos enviou imagem do Terminal Sacomã. Passageiros aguardavam início das operações, em enormes filas:

greve-paralisacao-onibus-sp-19-05-2016-3

12h12:

Terminais Pirituba e Barra Funda voltaram a operar;

12h07:

A expectativa é que a circulação dos quase 15 mil ônibus de São Paulo seja retomada gradativamente. Ao meio dia, os terminais começaram a ser liberados pelos manifestantes;

12h06:

Terminal Parque Dom Pedro II está retomando as atividades;

12h02:

Terminais Lapa, Penha e Jardim Ângela estão retomando as atividades;

12h00:

Terminais Belém, São Mateus, Santo Amaro e Bandeira estão tendo os serviços normalizados;

11h56:

O Secretário Jilmar Tatto pediu “bom senso” entre trabalhadores e empresários. Leia reportagem.

11h47:

O prefeito Fernando Haddad disse que prefeitura poderá multar as empresas de ônibus. Haddad não afasta possibilidade de entrar na justiça para garantir o funcionamento dos quase 15 mil ônibus, segundo entrevista à imprensa;

11h35:

A expectativa é que a paralisação termine por volta do meio dia;

11h21:

Secretário dos Transportes diz que 1 milhão e meio de passageiros estão sendo afetados. Empresas estão sendo rigorosamente pagas pela prefeitura, segundo Jilmar Tatto;

11h17:

Leitor Bruno Nascimento narra que pelo menos 10 ônibus foram depredados na região do viaduto 14 Bis:

greve-paralisacao-onibus-sp-19-05-2016-2

11h15:

Jilmar Tatto, secretário municipal dos transportes, confirma que todos os terminais fechados;

11h13:

Acesso ao Terminal Parque Dom Pedro II está congestionado por conta do excesso de ônibus;

11h09:

Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela do Metrô e 15-Prata do monotrilho operam normalmente. Linha 5-Lilás mais lenta por conta da chuva;

11h02:

“Nós vamos fazer vários atos, já programado para amanhã (quinta) das 14h às 16h. Claro que a gente espera que até lá aconteça nossa reunião e tenha uma proposta que venha a atender os anseios da categoria. Na sexta-feira nós já temos marcada uma assembleia às 16h e a categoria vai decidir o que vamos fazer a partir da semana que vem”, disse Valdevan Noventa, presidente do sindicato.

10h56:

Terminais Belém, Carrão, Tatuapé, Artur Alvim, Barra Funda, Santana e Jabaquara, anexados ao Metrô também estão parados;

10h51:

Todos os 29 terminais de ônibus estão parados, segundo informações do sindicato;

10h50:

Terminal Princesa Isabel com ônibus parados;

10h45:

Ônibus fazem fila na Avenida 9 de Julho. Foto do leitor Bruno Nascimento:

greve-paralisacao-onibus-sp-19-05-2016

10h42:

Terminais Sapopemba e Vila Carrão estão fechados. No caso do Terminal Carrão, veículos estão parados no entorno;

10h38:

Terminal Barra Funda, anexo ao Metrô e a CPTM segue fechado;

10h31:

Foto do leitor Bruno Nascimento mostra o Terminal Bandeira fechado, com ônibus na entrada e saída, impedindo o acesso dos demais veículos:

greve-onibus-sp-18-05

10h27:

Terminal Jardim Ângela fechado nesta manhã;

10h24:

Terminais Pinheiros, Santana, João Dias e Jabaquara estão fechados;

10h20:

Terminal Sacomã está fechado. Veículos acessam o terminal, mas não partem do local. Ônibus intermunicipais estão prestando serviços do lado de fora;

10h18:

Ônibus fecham as saídas do Terminal Santo Amaro (Foto da Rádio Bandeirantes):

Civc-IwXEAAv2-B

10h16:

Terminal Itaquera fechado nesta manhã;

10h12:

Motoristas de ônibus param os veículos no Corredor 9 de Julho;

10h10:

Sindicalistas já estão no Terminal Parque Dom Pedro II. Cerca de 64 linhas devem ser afetadas. Veículos devem ocupar também as vias laterias do terminal;

10h08:

Segundo nosso leitor Bruno Nascimento, o Terminal Parque Dom Pedro II foi fechado às 9h57;

10h05:

A paralisação chegou ao Terminal São Mateus. No lado dos trólebus da Metra a operação é normal;

9h54:

Terminais Penha e Cachoeirinha acabam de ser fechados, segundo informou a rádio CBN;

9h40:

Com a nova licitação dos transportes, barrada pelo Tribunal de Contas do Município (TCM), a prefeitura estima economizar 15% com o custeio do sistema. A licitação está parada por 5 meses, e o TCM apontou 49 irregularidades. A prefeitura esclareceu até o momento 29;

9h20:

Toda a cidade de São Paulo está em estado de atenção por conta das chuvas, segundo o CGE: “Uma grande área de instabilidade vinda da região de Sorocaba já começa a atingir com fraca intensidade as zonas Sul e Oeste. Para a próxima hora, são esperadas chuvas generalizadas em São Paulo, com até moderada intensidade”;

9h10:

Linha 5-Lilás do Metrô volta a operar com velocidade reduzida por conta da chuva, entre as estações Capão Redondo e Largo Treze;

8h45:

Mais cedo, os trens da Linha 5-Lilás operaram com velocidade reduzida por conta das chuvas;

8h40:

Linhas de ônibus ainda rodam dentro da normalidade em São Paulo;

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios