Greve

Paralisação de ônibus: Haddad diz que pode multar empresas

Foto: Bruno Nascimento

O prefeito Fernando Haddad disse que prefeitura poderá entrar na justiça para garantir os serviços, e multar as empresas de ônibus. Na manhã desta quarta-feira, 18 de Maio, motoristas e cobradores fizeram um protesto, fechando todos os 29 terminais.

“Os advogados da SPTrans estão acompanhando a evolução das tratativas, na esperança que cheguem a um entendimento rapidamente, sem prejudicar o usuário. se o entendimento nosso for de que estão exorbitando o direito de manifestação, nós faremos como fizemos nos anos anteriores, se tivermos que recorrer a justiça, nos vamos recorrer”, afirmou o prefeito.

Os trabalhadores rejeitam a proposta feita pelo sindicato das empresas, de 2,31% de reajuste salarial. A categoria quer 5% de reajuste mais a inflação corrigida.

Já o Secretário Municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, disse que 1 milhão e meio de passageiros foram afetados pela greve. Tatto pediu bom senso às partes, e que as empresas estão sendo rigorosamente pagas pela prefeitura.

Caso não avencem as negociações, uma nova paralisação está marcada para esta quinta-feira, 19, das 14h às 16h.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios