SPTrans

Sem licitação, Prefeitura de SP renova contrato com ex-cooperativas

Com a nova licitação do transporte público em São Paulo parada no TCM (Tribunal de Contas do Município), a prefeitura teve que renovar, novamente, em caráter emergencial, os contratos com as empresas de ônibus do sistema local, as mesmas que no passado operaram como cooperativas de perueiros.

A renovação não foi publicada na internet e, com isso, os valores não foram divulgados. Em nota, a prefeitura diz que os contratos serão colocados a disposição para consulta física e a SPTrans prometeu colocar o material na internet assim que toda a documentação estiver digitalizada, porém não deu prazos. Os contratos vem sendo renovados emergencialmente desde 2013, quando a licitação vigente venceu.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios