SPTrans

TCU também aponta possível sobrepreço em corredores de ônibus de SP

O Tribunal de Contas da União (TCU) afirma ter encontrado indícios de sobrepreço em projetos do trecho 3 do corredor Radial Leste, e no BRT Perimetral Itaim Paulista/São Mateus.

De acordo com o tribunal, seriam gastos R$ 65,8 milhões a mais. Ambas as licitações estão suspensas desde 18 de Junho. O tribunal de Conta do Município (TCM) já havia apontando o sobrepreço.

A prefeitura de São Paulo, no entanto, rebate o TCU afirmando que a análise feita em planilha não pode se constatar sobrepreço, e que a análise deveria ser feita sobre contratos firmados.

Os corredores fazem parte do projeto da atual administração em construir 150 km de via exclusivas para ônibus, parte deles do tipo Bus Rapid Transit (BRT). O cronograma inicial era entregar as estruturas em 2016, mas a administração do prefeito Fernando Haddad encontrou dificuldades para tirar do papel o projeto, desde o congelamento da tarifa, a suspensão da atualização da planta genérica de valores do IPTU, e agora dificuldades na licitação.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios