Foto: Espaço Multibanco
SPTrans

Opinião: Noturno ganha usuários, mas precisa se organizar melhor

Antes de contar como foi usar o novo Sistema Noturno da SPTrans, precisamos lembrar do antes e depois disso tudo.

Em São Paulo não tem como o Metrô funcionar 24 horas, por diversos motivos. Mas ônibus sim! Porém as linhas noturnas existentes eram horríveis…poucas linhas, itinerários malucos e intervalos altíssimos, não atendendo vários locais da capital e pontualidade zero.

O novo sistema possui agora 151 linhas, atingindo praticamente todas as regiões da cidade, dividido em 50 linhas estruturais que ligam dois terminais de integração com trajetos rápidos, usando corredores e vias importantes, com intervalos planejados de 15 min. As outras 101 linhas restantes são linhas locais, ligam os terminais de ônibus aos bairros, com itinerários circulares e intervalos planejados de 30 minutos.

Estudo na zona oeste e moro na leste (sudeste para os mais detalhistas), uma bela travessia diga-se de passagem, então resolvi testar em ao menos uma parte do trajeto o novo sistema e tirar as minhas próprias conclusões.

Para chegar ao centro da cidade, mais precisamente no Terminal Parque Dom Pedro II, utilizei de uma linha normal, já que o Noturno só começa a funcionar a partir das zero horas, indo até as 4 horas da manhã.

No dito terminal, já próximo das 0:00hrs vejo muitos funcionários da SOCICAM (responsáveis pela administração do terminal), anotando, fiscalizando, ônibus que entra, ônibus que sai…Dessa aparente bagunça vem a minha primeira reclamação…

Imagem: Reinaldo Canato/UOL
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Tudo parece meio bagunçado nessa transição das linhas normais para as linhas noturnas, falta sinalização nas plataformas para o usuário saber de onde as linhas partirão, é preciso sair perguntando e de olho nos ônibus.

Com itinerários já previamente consultados, meu destino seria o Terminal Sacomã, para de lá pegar uma linha local. Nesse momento já comecei a pegar gosto pelo sistema pois eu tinha opções! Há três linhas que seguem do Terminal Dom Pedro para o Sacomã, a N502/11 Terminal Sacomã – Terminal Pq. D. Pedro II (link). Via Avenida do Estado e Ipiranga, direto e reto, perfeito!

Temos há N504/11 (link), essa vai pelo Brás, Mooca, Av. Paes de Barros e etc. E ainda a terceira linha, N508/11 (link) que vai pela Cons. Furtado, Aclimação, Rua Cel. Diogo. Nada mal.

Bem, direto e reto, a meia noite em ponto a linha N502-11 partiu do Terminal Dom Pedro e em 20 minutos estava no Terminal Sacomã.

Foto: Espaço Multibanco
Foto: Espaço Multibanco

O Term Sacomã sofre dos mesmos males… Falta sinalização de onde partirão os ônibus. Olha-se um mapa aqui, pergunta-se para um fiscal ali e pronto. Interessante notar que no terminal fica evidente a abrangência do sistema. Quer ir pra Vila Madalena na zona oeste? N506-11! Ou Metrô Santana na zona norte? N507-11! Tem a N505-11 para Pinheiros também!

Eu precisava pegar a linha N531/11 Terminal Sapopemba/Teotônio Vilela – Terminal Sacomã (link) ou a N533/11 Terminal Sacomã – Jd. Planalto (link).

Untitled-4

Ou seja, iria atrasar! E realmente atrasou, porém a outra opção N533-11 foi extremamente pontual, chegou a plataforma 00:28 e saiu as 00:30, motorista educado, me explicou por cima o itinerário e alguns pontos de conexão com outras linhas.

Sim, o ônibus foi praticamente vazio, alguns usuários aqui e ali, demora-se um tempo até as pessoas se acostumarem com as linhas, tudo muito novo poder rodar na cidade já próximo da 01:00 da manhã.

A linha em questão não é a mais rápida, porém esse não é o objetivo e em matéria de atendimento aos bairros ela está nota dez. Exatos 40 minutos depois, cheguei ao meu destino e o motorista seguiu em frente para mais viagens até as 4 da manhã.

Ainda é cedo para se avaliar o sistema como um todo, é necessário ver outras regiões, itinerários, pontos de interesses nos bairros que os ônibus podem atender. Nada melhor que os moradores das próprias regiões para relatar o que está bom, o que precisa melhorar e como avançar para uma rede de transporte cada vez melhor.

Nesse primeiro momento, a SPTrans precisa melhorar a organização nos terminais e resolver esses probleminhas de atrasos de algumas linhas. O primeiro passo para a população acreditar no sistema é a pontualidade.

No mais, parabéns à SPTrans por trazer para a realidade uma exigência de longa data dos cidadãos.

Clique para acessar a página do Sistema Noturno, com todas as linhas e itinerários.

noturno

Sobre o autor do post

Alex França

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios