Internacional

Metrô de Londres troca fornecedor de novo sistema de sinalização

S7_Stock_leaving_West_Ham,_July_2013

Depois de problemas, a Autoridade de Transportes de Londres (TLF, sigla em iromnglês) deve retomar o programa de modernização do sistema metroviário da cidade. Esta sendo finalizado um contrato com a empresa Thales.

No final de 2013, a London Underground (LU) cancelou um contrato com a Bombardier para instalar o sistema de sinalização da tecnologia CBTC (Controle de Trens Baseado em Comunicação), chamado CITYFLO 650 em sua rede. A operadora do Metrô disse na época que devido à complexidade do projeto, os trabalhos não estavam progredindo.

Eram previstos mais de 4 bilhões de euros para os processos, no entanto, com o novo contrato serão desembolsados mais de 5,5 bilhões de euros.

A Thales deverá fornecer uma versão mais atualizada dos sistemas de sinalização para as linhas Jubilee, Norte e Victoria. Apesar da mudança do fornecedor, os novos 191 trens continuaram sendo fornecidos pela Bombardier.

Mike Brown, diretor da London Underground, comentou as ações no Metrô de Londres: “Depois de ter modernizado três das linhas mais utilizados agora precisamos modernizar mais quatro. É absolutamente vital para nós continuar a apoiar eficazmente um novo crescimento econômico, habitação e emprego de Londres, como a população que cresce de 8,6 milhões atualmente para 10 milhões em 2030. O trabalho vai transformar para melhorar as viagens de milhões de nossos clientes, com redução no tempos de viagem, tempos de espera e garantindo viagens mais confiáveis…Estamos todos focados em progredir na próxima fase importante de modernização, para que todos os nossos passageiros, em toda a cidade, possam contar com um tipo de Metro moderno, que já se nota em outras partes do mundo.”

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios