Ciclista

Ministério Público pede explicações sobre ciclovias a Prefeitura

O Ministério Público pediu explicações sobre as novas ciclovias que estão sendo implementadas na cidade à CET e Prefeitura. A promotora Camila Mansour Magalhães da Silveira, da Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo, pretende observar o impacto das novas vias no tráfego.

Camila pediu a divulgação do cronograma de implantação do Sistema Cicloviário do Município de São Paulo. Além da indicação das vias que já receberam as vias exclusivas, ela pede que sejam indicados os locais e as datas onde serão colocadas as próximas.

O prefeito Fernando Haddad vê com naturalidade a requisição. “Temos uma boa relação com o Ministério Público. Nunca tivemos problema com eles. Nas faixas exclusivas de ônibus foi a mesma coisa. Prestamos esclarecimentos, informamos. É natural”, afirmou.

O prefeito lembrou que o Plano Nacional de Mobilidade prevê a instalação de faixas de ônibus e ciclovias. “É uma obrigação legal. Então, eu acho que o Ministério Público também tem que reconhecer o esforço que a Prefeitura está fazendo para garantir o Plano de Mobilidade

Muitos comerciantes e moradores de vias que receberam as ciclovias dizem que não houve consulta prévia e só ficaram sabendo das ciclovias quando as mesmas já estavam instaladas. No entanto, a prefeitura fez uma série de consultas públicas através de audiências abertas para toda a população.

ESPECIAL / EMBARGADO / CICLOFAIXA

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!