Mobilidade Urbana

Prefeitura de São Paulo pode descartar ampliação do rodizio de veículos

Recentemente a prefeitura da cidade de São Paulo sinalizou uma possível ampliação do rodizio municipal de veículos. Agora, a administração municipal recuou, e o prefeito Fernando Haddad declarou que o projeto não é consenso entre técnicos da prefeitura e pode até não sair do papel. Pelo projeto inicial, o rodizio seria ampliado dos seus 150 km para 371 quilômetros lineares, num total de cerca de 400 vias.

Agora Haddad disse que novos estudos estão sendo realizados. De acordo com o prefeito, a ampliação do rodízio só valerá a pena, caso os efeitos da medida para a redução de trânsito tenham uma duração não apenas imediata.

“A questão é controversa. Isso está em análise. Há técnicos que estão colocando objeções, há técnicos que defendem. Mas isso é uma questão técnica, que precisa ser tomada com cautela, não de supetão, porque é uma coisa que vai impactar muito a cidade … Tudo é analisado por computador antes de ser implementado. Tem gente que conclui que o impacto inicial existiria, mas no médio prazo ele se perderia. Então, tem toda uma conta para fazer que não é só a instantaneidade da medida, você resolve de um dia para o outro, mas no médio e longo prazo? Se a conclusão for de que o efeito de médio prazo é pequeno, talvez não justifique a medida. É isso que está sendo analisado” – disse Haddad.
congestionamento-sp-feriado

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios