Metrô SP

Adolfo Pinheiro continua sem previsão de ser inaugurada

image

Quase 5 anos em obras e a futura estação Adolfo Pinheiro, da linha 5-lilás, ainda não tem data para ser inaugurada. A última promessa foi a de entregá-la no sábado passado, 1, mas o Metrô suspendeu a inauguração depois que o Corpo de Bombeiros sinalizou que a estação ainda não apresentava todos os itens de segurança necessários para o funcionamento.

“A gente espera até sexta-feira o bombeiro dar toda a aprovação, todas as exigências do bombeiro já foram todas apresentadas. A gente espera ter o laudo até sexta-feira e aí marca (a data da entrega)”, disse o Governador Geraldo Alckmin.

Coincidência ou não, o jornal Estado esteve na estação 3 dias antes do dia programado para inauguração e constatou que a estação estava inacabada, como a conclusão das portas de plataforma de um lado inteiro dos trilhos – uma estrutura complexa de 132 metros de extensão. No nível da rua, boa parte do terreno onde foi escavada a estação ainda não tinha recebido nenhum trabalho de paisagismo, deixando a terra exposta.

O Estado constatou também que, em uma das entradas, faltavam muitos dos painéis de vidro que vão compor a cobertura. Do lado de dentro, operários montavam escadas rolantes e forros, além de checar a fiação. Restavam ser instalados os mapas de localização na plataforma.

Duas placas de vidro que funcionam como guarda-corpos, no mezanino, onde ficam as bilheterias e as catracas, estavam trincadas. O Metrô foi questionado, mas não informou quanto custa cada uma dessas peças, que precisariam ser substituídas.

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios