Foto: Victor Moriyama/G1
Metrô SP

Metrô adia abertura da estação Adolfo Pinheiro

Não foi desta vez. O Governo de São Paulo acaba de anunciar que a inauguração da estação Adolfo Pinheiro, da Linha 5-Lílas foi adiada por tempo indeterminado. O motivo do adiamento foi a exigência, por parte dos bombeiros, de “medidas adicionais de segurança”, de acordo com o Metrô.

Nesta quinta-feira, a reportagem do jornal “O Estado de São Paulo” publicou uma matéria onde mostrava a nova estação com seu acabamento inacabado. O Metrô repudiou a atitude do jornalista por entrar e fotografar a parada sem autorização. Por fim a reportagem foi retirada do ar.

Leia também: Opinião: Cansado de promessas e mais promessas

Mas o G1 foi autorizado, e publicou imagens da nova estação:

Foto: Victor Moriyama/G1
Foto: Victor Moriyama/G1
Foto: Paulo Toledo Piza/G1
Foto: Paulo Toledo Piza/G1
Foto: Victor Moriyama/G1
Foto: Victor Moriyama/G1

.
.
.
.
.
.
.
Quando começar a funcionar em testes, a nova parada vai operar no esquema “visita assistida” – daí seu horário reduzido. As viagens até a estação Largo 13 serão de graça; quem quiser seguir viagem para o restante da linha terá de pagar a tarifa de R$ 3 no Largo 13

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios