Monotrilho

Licitação da Linha 18 sai até abril

Segundo Jurandir Fernandes, secretário estadual dos transportes, a licitação para as obras da futura linha 18-bronze do Metrô deve sair até abril e as obras iniciadas até dezembro. A conclusão deve ocorrer em 2015.  Alinha 18 ligará por monotrilho a estação Tamanduateí à São Bernardo do Campo.

Como sabemos que os prazos nunca se cumprem, muito provável que a entrega deve ocorrer em 2016 para frente.

A linha 18 será feita por monotrilho, semelhante á linha 15-prata que está sendo construída. A linha 15 está em obras há mais de 2 anos e até hoje não foi inaugurada nenhuma estação. A previsão da linha 15 é ter apenas uma estação inaugurada no fim deste ano.

Após o lançamento do edital, o Governo escolherá a proposta vencedora em 90 dias. O investimento previsto é de R$ 4,1 bilhões e o modele de contratação deve ser por PPP.

Jurandir Fernandes lembrou que os esforços do Metrô estavam concentrados na licitação da linha 6-laranja, que teve o edital lançado no fim de janeiro.

O futuro monotrilho  deve desapropriar 203 mil m2 de área, número baixo comparado com o metrô convencional.

O secretário também confirmou que irá encomendar estudos para a ampliação da linha 17-Ouro a Diadema e que o pedido veio do próprio Governador. A linha 17 está em sua primeira fase de construção e vai ligar o Aeroporto de Congonhas à estação Morumbi da CPTM. Depois ainda haverá mais 2 fases de expansão. Logo, este trajeto para Diadema ainda demorará muito para sair do papel. O único projeto que já esta sendo estudado para o ABC é expandir a linha 20-rosa para São Bernardo do Campo. A linha 20-rosa, que deverá ser licitada também este ano via PPP, tem como primeira fase ligar a Lapa á região de Moema.

A estimativa é que a linha 18 receba 340 mil passageiros por dia. O projeto prevê 18 estações porém a empresa vencedora poderá optar por uma 19ª parada.

“Pode ser que a estação seja importante, pois, com ela, não será necessário que todos desembarquem no Tamanduateí. Quem quiser ir para o Expresso ABC desce na Carioca, e quem quiser ir para a região da Avenida Paulista, vai até o Tamanduateí”, diz o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

As estações terão distância média de 1.156 metros entre si. Cada composição abrigará até 850 passageiros. Todas as paradas terão bicicletários e uma ciclovia ligará os pontos. Cerca de 3.000 empregos diretos e indiretos deverão ser gerados pelas obras.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios