Metrô SP

Mantendo este ritmo, Metrô de SP demoraria 172 anos para atingir a malha do metrô de Londres

Um estudo feita pela BBC mostra que se o Metrô de São Paulo manter este ritmo de expansão, só conseguirá atingir a malha atual de Londres em 2267.

O nosso metrô possui pífios 74 km de extensão com uma média de 1,91 km de expansão por ano. O de Londres apresenta uma expansão de 2,68 km por ano.
Se o metrô de SP tivesse adotado o ritmo de expansão londrino desde sua inauguração, nós já teríamos hoje um total de 286 km de malha metroviária.

Aqui no Brasil, o metrô de Brasília é o que mantém uma expansão mais rápida: 3,53 km. Já outras capitais como Rio de Janeiro, Recife, Teresina e Belo Horizonte demorariam mais de 300 anos para atingir a malha londrina.

Fazendo uma comparação global, os metrôs brasileiros ficam numa situação cada vez pior:

– Xangai (China): expansão média de 24,3 km/ano e média de 16,2 estações inauguradas/ano.
– Nova Déli (Índia): expansão média de 17,6 km/ano. Inaugurado em 2002, o metrô da capital indiana já possui o dobro do tamanho da brasileira.
– Seul (Coréia do Sul): teve sua inauguração no mesmo ano do de São Paulo e hoje já possui uma extensão de mais de 500 km.
– Cidade do México (México): já possui 226 km de linha e uma expansão média anual de 5,14 km

Mas há casos na América Latina piores que nós. Buenos Aires, que completa este ano seu centenário, só possui 48,5 km de extensão.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios