Mobilidade Urbana

Corte de árvores gera polêmica nas obras da futura estação Nossa Senhora da Paz

O início do corte de árvores para a construção da futura estação Nossa Senhora da Paz da linha 4 do MetrôRio está causando polêmica entre os moradores da região. A coordenadora do movimento Projeto Segurança de Ipanema, Ignez Barretto, denuncia que três árvores já foram cortadas desde segunda-feira.

A assessoria da construtora responsável do metrô confirmou o início da retirada das árvores, mas ressaltou que das 292 espécimes existentes na praça, 215 permanecerão intactas. As outras 77 serão removidas, sendo que 70% vão ser transplantadas para um sítio em Vargem Pequena, onde permanecerão até o retorno à praça. As espécimes que não puderem ser transplantadas serão substituídas por novos exemplares.

Nesta primeira fase de escavação, o consórcio informa que já removeu 8 figueiras. Ainda segundo a assessoria, coqueiros e 38 palmeiras das espécimes jerivá e imperial serão transplantados. Outras 400 mudas serão plantadas na Nossa Senhora da Paz como compensação ambiental.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios