Mobilidade Urbana

A modernização da Central do Brasil

A mais importante estação do Rio de Janeiro, novamente, passará por uma grande reforma. Com 155 anos de idade, a Central do Brasil passou por uma grande reforma na década de 30 e foi reinaugurada em 1943.

A SuperVia, que tem controle da área, planeja construir um centro comercial sobre as plataformas dos trens. Ainda pretende erguer um hotel e um novo estacionamento.

Como a estação é tombado, toda mudança deve ser autorizada pelos órgãos responsáveis. Como a Supervia entende que haverá um acordo, a primeira etapa já está em fase de conclusão e pretende, em agosto, começar a construir um shopping.

A previsão é que a reforma termine em 2016, ano que a cidade receberá os Jogos Olímpicos.

Quem passa pela estação, já percebe o ritmo intenso das obras. Na cabeceira da plataforma 1, o ritmo é intenso na construção de uma nova cabine de sinalização — hoje, está instalada na plataforma 8. A mudança de lugar é necessária para que, futuramente, seja erguido o centro comercial.

A SuperVia pretende gastar R$ 350 milhões em obras e busca parceiros na iniciativa privada.

Segue um link com o propósito para a futura estação: http://oglobo.globo.com/videos/t/todos-os-videos/v/catalogo/2365835

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios