TAV

Governo irá bancar vagão vazio no trem bala

Conforme informado hoje pela Folha de São Paulo, o Governo, para garantir o sucesso da nova licitação do trem bala, irá bancar a operação mesmo com trem vazio.

Essa foi uma das mudanças que os consórcios interessados manifestaram ao Governo e este pretende acatar. No entendimento do Governo o trem bala será um sucesso e não haverá vagão vazio e por isto, o Governo irá assumir o risco.

No primeiro leilão, que foi adiado de maio para julho de 2013, será escolhido o operador do trem vala. O edital, que deve ser lançado em 2 semanas, prevê que o operador irá embolsar os recursos das passagens e em contrapartida, irá pagar uma outorga ao governo para uso do sistema. Caso o dinheiro das passagens não seja suficiente para cobrir os custos da construção, o governo vai bancar a diferença.

O Governo irá exigir, no mínimo, 3 trens circulando entre Rio e São Paulo e este era o receio das operadoras, de poder circular com trens ociosos.

Por Caio Lobo

Sobre o autor do post

Caio Lobo

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios