SPTrans Tecnologia

SPTrans não responde os tweets de usuários

As Rede Sociais são muito usadas para estreitar a relação entre  o cliente e a empresa. Pesquisas recentes apontam que reclamar no Twitter por exemplo, pode ser mais eficaz que no Procom. Muitas instituições já acordaram para este novo modelo de relação, e mantem profissionais para responderem de pronto as mensagens ou tweets do internauta.

Mas se o usuário do transporte público na cidade de São Paulo quiser fazer alguma reclamação ou solicitação, terá que usar os métodos tradicionais, burocráticos e demorados. O Twitter da SPTrans (@sptrans_) simplesmente não responde as mensagens no Microblog. Na página da empresa que gerencia os ônibus da capital paulista são twittadas apenas mensagens institucionais, ou informe de alteração de alguma linha.

Segundo o Blogueiro Marcos Elias (@uebe) por diversas vezes ele mandou mensagens para a empresa, como reclamações de alterações de linhas na zona leste. Só que nenhuma vez a SPtrans respondeu seus recados.

Uma pena que a empresa que dispõe deste canal, não sabia usa-lo para ouvir seus “clientes”.

Por Renato lobo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios