SPTrans Tecnologia

Sistema de Bilhete Único de SP é falho e deve ser trocado

Já pensou em ter um bilhete único com créditos infinitos? O Jornal “O Estado de São Paulo” publicou semanas atras que uma falha de segurança no atual sistema do bilhete único permite a liberação de catracas de ônibus, trens e metrô sem pagamento da tarifa. Segundo a reportagem, a falha foi descoberta pelo pesquisador Gabriel Lima, de 21 anos, que decidiu testar a segurança do bilhete único após saber de fraudes parecidas ocorridas em outros países. Três semanas depois, descobriu que era possível invadir o sistema. E avisou a SPTrans sobre o problema.

A falha permite que os dados sobre créditos contidos no cartão sejam copiados para um computador. Quando o cartão está vazio, essas informações podem ser coladas novamente no novo bilhete – o que, na prática, permite que um cartão sem saldo seja usado para liberar as catracas.

A SPTrans afirmou por meio de nota que a “licitação para troca dos sistemas de processamento de dados do bilhete único não tem qualquer relação com a suposta violação de segurança dos cartões”. Informa ainda que a licitação está sendo realizada desde dezembro – a audiência pública foi feita em 5 de janeiro. A empresa diz também que, se o processo transcorrer dentro da normalidade, a troca dos cartões deve começar no início do ano que vem.

Por Renato Lobo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios