Mobilidade Urbana

Cresce o número de passageiros nos ônibus de São Paulo, mas a quantidade de veículos é a mesma

Os ônibus da cidade de São Paulo estão cada vez mais cheios. A constatação foi feita pela reportagem do Jornal da Tarde onde a matéria trás dados que entre 2007 e 2011, cresceu 7,6% o número de pessoas transportadas, o que representa 570 mil passageiros a mais por dia.

Mesmo com o aumento, a quantidade da frota permanece a mesma, cerca de 15 mil ônibus. Já a tarifa, advinha: variou 30%, o que significa uma arrecadação maior por parte das empresas de ônibus, diz a matéria.

Mais ônibus não resolveria o problema, dizem especialistas

Especialistas em transporte contam que, com a construção de corredores exclusivos, seria facilitado o deslocamento dos coletivos, tornando as viagens mais rápidas e eficientes. Por sua vez, o aumento da frota pouco faria para solucionar o problema.
“Seria colocar mais veículos para rodar em um sistema viário que já está saturado. Pode até ser que o conforto melhorasse, mas o tempo de viagem iria aumentar”, diz Jaime Waisman, professor de engenharia de transportes da Universidade de São Paulo (USP) para o Jornal.

Para Sergio Ejzenberg, mestre em engenharia de transporte, é necessário que a Prefeitura fiscalize com mais rigor a circulação dos ônibus, para constatar se as empresas estão respeitando horários. Contudo, ele avalia que, a longo prazo, a solução é o metrô. “Para o tamanho e a demanda da cidade, os ônibus não dão conta. Eles devem ser auxiliares ao metrô.”

A São Paulo Transporte (SPTrans), informou que, entre 2009 e 2011, a oferta de lugares na hora de pico cresceu mais (4,6%) do que o número de passageiros no período (2,4%) – a quantidade de pessoas transportadas saltou de 2,87 bilhões para 2,94 bilhões, e a de lugares, de 532 mil para 557 mil.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Anúncios