CPTM EMTU Mobilidade Urbana

Passageiros sofrem para pegar ônibus em Franco da Rocha

Passageiros da cidade de Franco da Rocha não estão muito contentes com o transporte público na região. De acordo com reportagem do G1, os usuários dos ônibus da cidade disputam as calçadas com buracos e lojas de comércio. Nenhum ponto de ônibus possuí cobertura, muito menos acento.

O município que fica na região metropolitana de São Paulo tem mais de 120 mil habitantes. Cerca de 30 linhas de ônibus entre municipais e gerenciados pela EMTU, mas nenhum terminal para abriga-las.

De acordo com o G1, os veículos param no meio da rua para o embarque de passageiros, o que atrapalha o trânsito em Franco da Rocha. “Eu moro aqui há 22 anos e acho um absurdo não ter um terminal com tanta gente morando aqui”, reclama uma moradora.

No local em que foi feita a reportagem, a CPTM executa obra de modernização de uma estação da Linha 7 – Rubi. Mas as obras invadiram a calçada, deixando menos espaço para os passageiros esperarem os ônibus.

A Prefeitura afirmou que não pode construir terminais de ônibus na cidade por causa das obras da nova estação de trem da CPTM, mas informou que existe um projeto que prevê a retirada dos pontos finais do Centro. Os ônibus fariam parada na estação de trem e, de lá, seguiriam para os bairros. Isso, de acordo com a Prefeitura, vai melhorar o transporte e o trânsito na cidade. A CPTM informou que a nova estação de trem de Franco da Rocha deve ficar pronta no primeiro semestre do ano que vem.

Por Renato Lobo

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios