CPTM prevê obras do trem regional que ligará SP a Santos só depois de 2014

O consórcio formado pelas empresas Sistram e Prime Engenharia ganhou a licitação para os estudos do trem regional que vai ligar a capital paulista até Santos. Serão gastos R$ 852 mil para os estudos, que devem ficar pronto nos próximos 12 meses.
Mas, não se anime por que o inicio das obras só está previsto para 2014 ou 2015.

O projeto funcional é o inicio dos estudos, que define o número de paradas, demanda diária, e também por onde o trem vai descer, se por Paranapiacaba ou por Evangelista de Souza, ou um outro traçado.

Por Renato Lobo


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

3 Comentários deste post

  1. não sei não se vai sair esse trem viu… vamos aguardar para ver, tudo no governo se arrasta mais devagar que trem da cptm em horário de pico

  2. Projeto interessante!
    Porque só vai funcionar se a velocidade for competitiva, no mínimo, com ônibus.
    Não esquecer que a Imigrantes é de alta velocidade e a Rodoviária do Jabaquara é integrada ao Metrô 1 Azul!
    Portanto a obra exige retificação da ferrovia existente, obras de arte (pontes e túneis) em nova ferrovia na serra, integração com o Metrô na RMSP e velocidade máxima acima de 140km/h.
    Se vingar, servirá de – boa – base para outras ferrovias regionais.

    Luiz Vilela /
  3. Eu já creio que independente da velocidade, o sucesso da ligação ferroviária SP-Santos dependerá do valor cobrado pela passagem e da integração com outras linhas (Metrô/CPTM)..

    Rodrigo Roriz /

Deixe uma resposta