CPTM Trens Regionais

Obras do Expresso Jundiaí devem começar no final de 2013

Ricardo Guimarães | Diário da CPTM

O Governo do Estado de São Paulo prevê os inícios das obras do Expresso Jundiaí, para final de 2013. O serviço de trem expresso que ligará o município de Jundiaí à capital paulista deve ter até setembro o projeto funcional finalizado, que está a cargo da CPTM. Isso permitirá publicar, até novembro, o edital de licitação para contratar os projetos básico, executivo e de estudos ambientais.


São 45 km de extensão e tempo de percurso estimado em 25 minutos. Os trens atenderão à demanda da população entre Jundiaí, importante polo regional, e a cidade de São Paulo, com um meio de transporte rápido, econômico e não poluente, em concorrência as linhas de ônibus intermunicipais semi-rodoviárias. 


Após conclusão do projeto funcional, serão darás as diretrizes de traçado, valores estimados para o empreendimento, a localização das estações, a inserção urbana da linha e avaliação ambiental preliminar que subsidiarão a contratação dos projetos de engenharia (básicos e executivos), o estudo preliminar de modelagem e outros itens para sua implantação, que poderá ser na modalidade PPP (Parceria Publico Privado).


É desconhecido qual será o valor da passagem, no entanto o Expresso Jundiaí deverá ser competitivo não somente do ponto de vista econômico, mas principalmente por apresentar redução do tempo de viagem, segurança, confiabilidade e conforto, atraindo usuários do sistema de transporte coletivo sobre pneus e automóveis.



Renato Lobo é Técnico em Transporte Sobre Pneus e Transito Urbano.

Sobre o autor do post

Renato Lobo

Paulistano, profissional de Marketing Digital, técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Comente!

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Assuntos

Anúncios

Cadastre-se em nossa newsletter!